O que é sustentabilidade?

Quem nunca ouviu falar de sustentabilidade? Ouvimos falar nas escolas, nas universidades, por empresas de diversos setores, ambientalistas, entre outros.  Existem diversas definições de sustentabilidade, conforme mostram as publicações de vários pesquisadores. Contudo, o conceito de sustentabilidade mais comumente aceito é “atender as necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras de suprir as suas próprias necessidades”. Esta definição foi concebida no Relatório de Brundtland (1987), elaborado pela Comissão Mundial das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, instituída em 1983.
O conceito de sustentabilidade é composto por três pilares: ambiental, social e econômico. Todos estão inclusos na estruturação de um negócio sustentável oferecida pela HIDROPLAN aos seus clientes de todos os portes e segmentos. 

Sustentabilidade Ambiental
A importância da sustentabilidade ambiental pode ser evidenciada pelos crescentes riscos ambientais em escala mundial, como a destruição da camada de ozônio, mudanças climáticas, perda da biodiversidade, alteração do ciclo de nitrogênio, poluição das águas, do ar e do solo, esgotamento de recursos e uso excessivo da terra. Tudo isto compromete os sistemas de suporte de vida na Terra.
Por isso, o uso dos recursos naturais deve ser consciente para que possamos garantir a possibilidade de desenvolvimento das gerações futuras. Empresas podem adotar ações que contribuam para o desenvolvimento sustentável, como utilização de energia limpa, implementação de coleta seletiva, implantação de políticas de gestão ambiental. Práticas do nosso dia a dia também são importantes, como por exemplo, no manejo do lixo doméstico - através da redução de desperdícios, reutilização e reciclagem. 

Sustentabilidade Social
Indicadores de sustentabilidade social estão relacionados à melhora da qualidade de vida de toda uma população. Deste modo, as expectativas de uma sociedade não são atendidas quando se tem desemprego elevado, más condições de trabalho, vulnerabilidade social, pobreza, desigualdades crescentes, falta de acesso aos serviços básicos (saúde e educação).
Como ações socialmente sustentáveis, tem-se, como exemplo, medidas que ampliem o sistema público educacional de qualidade, políticas públicas, oportunidades de emprego, lazer e cultura, provisão de saneamento básico. Nós, assim como os governantes e as empresas, temos papéis fundamentais na sustentabilidade social. 

Sustentabilidade Econômica
Os desafios para uma sustentabilidade econômica são cada vez mais frequentes, porque as empresas lidam com riscos de abastecimentos, mercados desregulamentados e estruturas de incentivos falhos que levam a instabilidades financeiras e econômicas. 
Assim, as empresas necessitam sempre:  promover o seu desenvolvimento e a geração de lucros e empregos e realizar práticas administrativas, financeiras e econômicas que visam a preservação do meio ambiente. Ações importantes podem ser praticadas nesse sentido, como escolha de energia limpa, melhor tratamento e destinação de resíduos, educação ambiental para os colaboradores, construção de prédios funcionais e uso meios de transportes de mercadorias mais econômicos e menos poluentes.

Procedimentos, indicadores e avaliações de sustentabilidade

As características de uma empresa são apresentadas através de suas declarações sobre o seu propósito, sua visão, valores e princípios. Logo, no campo da sustentabilidade, a empresa deve contemplar um contexto que vai além dos limites de sua área, mas que também envolva o seu entorno e até a nível global. Assim, para que uma empresa tenha uma visão sustentável, implica que ela tenha um olhar para o todo, mas que também tente entender, perceber e considerar todas as conexões existentes. Isto implica ter uma visão holística do mundo e pensar de forma sistêmica. Assim, para que os tomadores de decisão possam ter elementos para caminhar a empresa ao desenvolvimento sustentável, é necessário o uso de procedimentos, indicadores e avaliações, que podem ser auxiliados pela HIDROPLAN. Seguem alguns exemplos:  


Logística reversa – relaciona-se à viabilização de coleta e restituição dos produtos e resíduos ao setor empresarial para reaproveitamento. 
Avaliação de ciclo de vida (ACV) – avalia os impactos ambientais associados a todas as etapas da vida de um produto, desde a extração de matéria-prima até o descarte final.
Pegada Ecológica – relaciona-se à medição dos impactos ocasionados por uma comunidade sobre os recursos naturais. 
Pegada de Carbono- refere-se à mensuração da quantidade total de emissões de gases do efeito estufa direta ou indiretamente, por uma atividade ou acumulados ao longo do ciclo de vida de um produto.
Pegada hídrica – relaciona-se ao volume de água doce gasto na produção de bens e serviços. 

 

Certificações de sustentabilidade

A certificação de sustentabilidade está relacionada aos processos que levam a princípios de sustentabilidade na condução da empresa, como apresentado anteriormente. A obtenção de certificação por uma empresa aumenta a confiança dos consumidores, além de ter outros diversos benefícios, como: um diferencial na competição com concorrentes não certificados; maior acesso a novos mercados; potencializa a realização de novos negócios e parceiros, maior facilidade de acesso a algumas linhas de crédito; melhora na imagem da empresa; redução de custos com matéria prima e no consumo de energia; conformidade com a legislação ambiental e assim redução do risco de penalização.

No Brasil, conforme o SEBRAE, existem 30 tipos de certificações, cujos passos para a sua obtenção podem ser dados pelos profissionais da HIDROPLAN.  Confira abaixo alguns exemplos destas certificações:  

Rótulo Ecológico - Qualidade Ambiental da ABNT - segue as normas ABNT NBR ISO 14020 e ABNT NBR ISO 14024. Leva em consideração a avaliação do ciclo de vida do produto em todas as etapas do processo: extração de recursos, fabricação, distribuição, utilização do produto e descarte.
ISO 14001 - Certifica o sistema de gestão ambiental de empresas e empreendimentos de qualquer setor. 
ISO 26000- aborda as diretrizes sobre responsabilidade social nas empresas. 
LEED (Liderança em Energia e Design Ambiental) - Certifica as edificações que minimizam os impactos ambientais durante obra, operação e uso com foco na sustentabilidade.
BREEAM (Building Research Establishment Environmental Assessment Method) – metodologia que busca avaliar o desempenho das medidas de redução de impacto ambiental gerados pelas atividades da construção civil e vida útil do empreendimento.


Concluindo, as preocupações com a sustentabilidade estão cada vez mais presentes na sociedade, onde todas estas questões apresentadas anteriormente são cada vez mais incorporadas às estratégias das empresas de diversos setores e pelas agendas dos formuladores de políticas. Estas preocupações são importantes para a sobrevivência do nosso Planeta, e consequente da nossa e das futuras gerações.

Se você se interessa pelo ramo de sustentabilidade e água, conheça o Curso de Especialização em Gestão de Recursos Hídricos da Universidade Federal do Pará (UFPA), parceira da Hidroplan. A especialização será ofertada na modalidade de ensino à distância (EaD) e as inscrições podem ser realizadas até 30/06. Saiba mais clicando aqui!  


A HIDROPLAN é uma empresa comprometida com a sustentabilidade e tem toda a capacidade de orientar a sua empresa a realizar práticas e certificações sustentáveis. Entre em contato conosco!
 
REFERÊNCIAS CONSULTADAS:

- Bruna Camargo Soldera. 2017. Água compensável (AC): definição de um novo indicador ambiental. UNESP – Rio Claro. Tese de doutorado.
- Martin Geissdoerfer et al. 2017. The Circular Economy – A new sustainability paradigm? Journal of Cleaner Production. Volume 143. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jclepro.2016.12.048
- Meio sustentável: https://meiosustentavel.com.br/
- Will Steffen et al. 2015. Planetary boundaries: Guiding human development on a changing planet. Published By: American Association for the Advancement of Science. Volume 347. DOI: https://doi.org/10.1126/science.1259855
- Instituto Água Sustentável: https://www.aguasustentavel.org.br/
- SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas): http://sustentabilidade.sebrae.com.br/Sustentabilidade/Para%20sua%20empresa/Publica%C3%A7%C3%B5es/2016_7_CERTIFICA%C3%87%C3%95ES_VERDE.pdf